30 de junho

19 horas

Painel Casa Carioca: Carolina: da palavra as museus

Hélio Menezes e Raquel Barreto / Mediação: Marcelo Campos

O movimento negro recuperou obra de Carolina Maria de Jesus e a transformou num ícone de resistência e resiliência. 

23 de junho

19 horas

Painel on-line: O Brasil precisa ser dirigido por quem passou fome

Benedita da Silva, Erica Malunguinho e Renata Souza / Mediação: Dani Balbi

Mulheres negras discutem a política a partir de quem conhece os reais problemas da população. 

16 de junho

19 horas

Painel on-line: Reciclando livros

Otávio Cesar Jr. e Tião Santos / Mediação: Andreia Coutinho

Dois intelectuais negros descobrem o livro no lixo, como Carolina Maria de Jesus.

E reinventam suas vidas. 

9 de junho

19 horas

Painel on-line: Filhas das filhas das filhas

Ana Paula Lisboa, Preta Rara e Silvana Bahia / Mediação: Naïma Zefifene

Mulheres negras que, como Carolina, interromperam o círculo vicioso em que uma empregada doméstica é condenada a criar novas empregadas domésticas. 

2 de junho

19 horas

Painel Casa Carioca: Quilombo de afetos

Tainá de Paula e Joice Berth Mediação: Gisele de Paula

A moradia popular é um tema recorrente nos livros de Carolina, presente inclusive nos seus títulos mais importantes. 

agostO

 
 
BOX FLUP 2020_P.png

© 2020  FLUP-Festa Literária das Periferias